Como se livrar dos ciúmes para o Dia de São Valentim

O Dia de São Valentim, ou Dia dos Namorados, é considerado um dia de homenagem ao amor. Mas todos sabemos que ligados ao amor existem os ciúmes e, por vezes, este dia pode tornar-se amargo se os ciúmes gritarem mais alto do que o amor. E porque é que este dia pode ser um dia de ciúmes? Pelas razões comuns, ou ao recordar que a outra pessoa já passou este dia com outra, ou pelo facto de um(a) ex-namorado(a) ou amigo enviar um postal, e-mail, ou lembrança no Dia dos Namorados… Quando existe tendência para o ciúme, muitas vezes este tipo de dias especiais podem ser completamente estragados em vez de divertidos e apaixonados. E como os evitar? Pode estar no papel de quem sente ciúmes ou de quem tem de lidar com eles.

Para quem sente ciúmes de outra pessoa

Acima de tudo, pense porque é que se sente assim e se poderá estará a exagerar.

  • Se vive com a outra pessoa, mas essa pessoa passa pouco tempo consigo, está na hora de conversar com ela, de expor o que sente, dizendo-lhe que gostaria de passar mais tempo juntos. Explique-lhe que gostaria de passar o Dia dos Namorados juntos, nem que para isso tenha de tirar um dia de férias. Isto não deve ser uma ameaça, mas sim uma conversa honesta e com muita compreensão.
  • Se a outra pessoa passa muito tempo consigo, pergunte-se se está a ser razoável relativamente aos ciúmes que sente. Saiba que existe uma linha ténue entre gostar de estar com alguém, e controlar alguém. Vá passear, procure um hobby e distraia-se, porque está a exagerar, e poderá estar a minar a sua relação. Comece por oferecer, no Dia dos Namorados, um presente à pessoa e que seja exclusivamente para ela, como um dia no SPA, ou outro momento de acordo com os gostos da outra pessoa, para que ela sinta que se preocupa verdadeiramente com ela, e que valoriza o seu tempo pessoal. Desta forma, estará a demonstrar que está a mudar e a trabalhar no seu problema. Estejam apenas juntos para jantar. Faça disto um bom começo para a vida.
  • Alguma vez a outra pessoa lhe deu motivos para sentir que poderá estar a ser-lhe infiel? Se não o fez, e não há uma boa razão para sentir isto, está na hora de pensar em marcar uma consulta com um psicólogo para conversar sobre o assunto. Este comportamento poderá significar inseguranças não fundamentadas, algo com que terá de lidar e, se não o consegue fazer a só, então deve procurar a ajuda de um profissional. Para ter um Dia dos Namorados sem este tipo de ciúmes, tente conversar com o seu psicólogo sobre o assunto o mais breve possível mas, acima de tudo, reconheça que as suas preocupações não são reais, e diga a si mesmo que, neste dia, nada de desagradável vai acontecer, e passe-o com calma e amor.
  • Se a outra pessoa foi infiel, e ainda não consegue confiar nela, ou sente que flirta com outras pessoas em demasia e de propósito para criar atritos, está na hora de encontrar uma pessoa nova e deixar de sentir ciúmes. Passe o Dia de São Valentim com outra pessoa e deixe de sentir ciúmes desnecessários.

Para quem tem de lidar com os ciúmes de outra pessoa

  • Se até à data sabe que tudo que fez, fez com consciência tranquila, e existem sinais que os ciúmes são ridículos e estão a sair fora de controlo: quando a outra pessoa lhe liga para controlar, escuta as suas conversas ao telefone, não gosta de roupas que lhe fiquem bem, mexe nas suas coisas à procura de provas de que está a cometer uma infidelidade, está na hora de refletir sobre a sua vida.
  • Se isto tem acontecido na sua vida, o Dia dos Namorados está à porta e não pretende ter um dia menos simpático, está na hora de dar atenção à outra pessoa, de conversar com ela e tentar perceber quais são os reais problemas que levam a outra pessoa a agir dessa forma. Veja se a outra pessoa é capaz de lhe dar espaço e se muda. Para isso, proponha-lhe um Dia de São Valentim com outros casais amigos, e verifique qual o comportamento. Se a pessoa continuar a agir assim, ela terá de procurar ajuda profissional…
  • Quando a outra pessoa tem ataques de raiva sem motivo aparente, está na hora de recorrer a um médico especializado, especialmente se esses ataques forem violentos. Nesta altura, esqueça o Dia dos Namorados e saia da relação rapidamente. É praticamente improvável que este tipo de pessoas mudem, por muito que prometam que o vão fazer. Se preserva a sua vida, está na hora de dizer adeus à sua relação.
A sua votação: