Como deixar de ter ciúmes de um ex-namorado/a

O fim do namoro nem sempre implica o fim dos ciúmes. O sentimento de posse demora por vezes a desaparecer e, na maior parte dos casos, são necessárias determinadas estratégias para ultrapassar essa situação. Saiba como deixar de ter ciúmes de um ex-namorado/a e comece a viver a sua vida.

Deixe-o/a ir

Quando um namoro acaba o normal é que cada um siga o seu caminho e deixe de ter algo a ver com a vida do outro. Na melhor das hipóteses fica a amizade entre as duas pessoas e a paixão inicial é substituída por laços de afeto mais fraternais.

Quando os ciúmes sobrevivem ao fim da relação é sinal de que ainda não se cortou o “cordão umbilical” com o ex-namorado. Deixe ir. Solte essa pessoa da sua vida, desamarre o seu coração da lembrança dele e permita-se recomeçar com outra pessoa, ou siga sozinho durante algum tempo.

Recorde os bons momentos

Os ciúmes envenenam as relações e quando são em excesso podem mesmo causar o colapso do namoro. E se é já bastante mau que isso aconteça entre namorados, o que fará então quando os ciúmes se sentem em relação a um ex-namorado/a!

Recorde apenas os bons momentos que passou durante o namoro e deite para trás das costas todas as desconfianças, fundadas ou não. Você pode agora parar de se preocupar com as supostas infidelidades porque já nem sequer são namorados. Aproveite essa liberdade e não perca o seu tempo sentindo ciúmes de alguém que já está fora da sua vida amorosa.

Estabeleça metas e objetivos para a sua vida

É normal que quando um namoro chega ao fim a pessoa se sinta nostálgica e um tanto deprimida. No entanto essa não é a melhor postura a adotar.

Há que recomeçar a viver o mais rápido possível e para isso nada como estabelecer novas metas a atingir. Identifique objetivos que gostaria de concretizar e concentre neles a sua capacidade intelectual.

Esqueça-se de ciúmes tolos que só lhe farão perder tempo e que não levarão a lugar nenhum. Arranje o que fazer e mantenha-se ocupado. Os ciúmes que sente em relação ao seu ex-namorado/a também podem ser fruto de inatividade mental da sua parte.

Convença-se de que acabou realmente

Quando uma das partes ainda alimenta esperanças de um reatamento é bem possível que os ciúmes não cessem, mesmo depois de o namoro ter terminado há algum tempo.

Mas não aja dessa forma, porque isso apenas irá aumentar a sua tristeza. Trate de se convencer que já não são mais namorados, e que o seu ex tem todo o direito de refazer a sua vida sentimental se assim o entender. Não lhe cabe a si sentir ciúmes por uma relação que já terminou.

É verdade que alguns namoros recomeçam após algum tempo de separação voluntária entre os dois, mas se for esse o seu caso irá acabar por acontecer naturalmente. Ao sentir e demonstrar ciúmes estará apenas a dar mais razões para que o seu ex sinta que terminar consigo foi o melhor que poderia ter feito.

Os homens não apreciam demonstrações constantes de ciúmes e não entendem porque antigos amores se sentem no direito de ter ciúmes deles. Por isso se alimenta alguma esperança de reconciliação, então ponha os ciúmes de lado.

Foque a sua atenção noutra pessoa

A sabedoria popular diz que para curar um antigo amor, não há melhor do que um novo amor. Pois bem… comece a focar a sua atenção em pessoas novas, mantenha-se disponível para novos conhecimentos e novas paixões.

Verá que assim que se interessar por outro homem deixará imediatamente de sentir ciúmes do seu ex-namorado/a. Muito possivelmente você será até capaz de lhe desejar de coração as maiores felicidades junto de quem ele mais quiser.

Vá com calma, não se atire de cabeça no primeiro relacionamento que lhe aparecer, mas abra-se para a vida e para novas oportunidades de ser feliz.

Faça algo por si

Em vez de se preocupar com o que o seu ex faz, opte por se valorizar de alguma forma. Estude, matricule-se num curso, inscreva-se numa atividade que lhe dê prazer, mude de rotinas, defina itinerários diferentes, faça algo em seu próprio benefício. Corte o cabelo, mude de penteado, compre roupas novas, atreva-se a investir em si.

Gostarmos mais de nós mesmos é sempre uma estratégia de sucesso garantido. Melhore a sua autoestima e perceba que é uma pessoa maravilhosa e que merece bem mais do que consumir-se de ciúmes por causa de um antigo namorado. Quando se cruzar com ele na rua, ainda que ele vá acompanhado por uma nova paixão seja superior a isso. Lembre-se: ele é que ficou a perder.

Fortaleça-se

Quando estamos mais tristes ou ansiosos costumamos baixar as nossas defesas e não é raro que nos passemos a alimentar mal, a dormir pouco e a descurar a nossa saúde e bem-estar.

Os ciúmes afetam a autoestima, acarretam ansiedade e sofrimento e abalam a mente de quem os sente. Pior ainda quando esses ciúmes são sentidos por alguém que já não faz parte da nossa vida. Não se deixe ir abaixo, fortaleça-se. Alimente-se bem, ingira água em quantidade suficiente, escolha uma dieta rica e equilibrada, pratique exercícios físicos, durma o suficiente, viva de forma calma e tranquila. Os ciúmes terminarão quando você estiver forte física e mentalmente para lhes resistir.

Sentir ciúmes de um ex-namorado/a apesar de ser completamente inútil é muito mais frequente do que possamos pensar. Os ciúmes têm quase sempre a ver com insegurança e com sentimento de posse ou vontade de controlar do outro. Quando o namoro acaba demora ainda algum tempo até que as duas partes, principalmente aquela que não queria terminar a relação, se consciencializem de que cada um deve seguir o seu caminho. Mas não desanime. Permaneça firme na sua vontade de combater esse género de ciúmes estéreis e verá como muito brevemente esse será um problema do passado.

A sua votação: